Os Cristais e os 7 Chakras

Mas o que são afinal os chakras?

Provavelmente já ouviu a palavra chakra ser utilizada no seu quotidiano ou já ouviu uma expressão do género: “Estou com os chakras desalinhados”.

Mas o que são afinal os chakras e o que significa tê-los alinhados ou desalinhados?

Em primeiro lugar, comecemos pelo conceito de chakra. A palavra deriva do sânscrito cakra e significa “roda”. Um chakra é uma roda, ou vórtice energético. Estes centros energéticos, interligam o nosso corpo físico com o espiritual e são eles que nos tornam um todo, conectando mente, corpo e espírito.

Todos nós possuímos um vasto sistema com +100 chakra, mas existem sete que são considerados os chakras principais e é deles que iremos falar neste post. Estes chakras são os que habitualmente irá ver representados cada vez que se fala deste tema, e são eles:

Coroa – no alto da cabeça;
Terceiro Olho – entre as sobrancelhas;
Garganta – na parte frontal do pescoço;
Coração – no centro do peito;
Plexo Solar – 3 dedos acima do umbigo;
Sacro – 3 dedos abaixo do umbigo;
Raiz – na base da coluna.

Chakras físicos e chakras espirituais

São considerados chakras físicos os três chakras inferiores: da raiz, do sacro e do plexo solar. Estes são os chakras responsáveis pela nossa ligação à Terra e ao plano da matéria.
Os três chakras superiores são os chamados chakras espirituais e são eles: a garganta, o terceiro olho e a coroa. São estes os chakras responsáveis pela nossa conexão com o espiritual e com o Divino.
O chakra do coração situa-se no centro e conecta o físico ao espiritual, interligando todos os chakras. 

Cada um destes chakras está associado a um órgão ou função vital do corpo físico, bem como a um conjunto de emoções e questões espirituais.

Um sistema de chakras equilibrado, traduz-se em harmonia, boa saúde física e mental e de forma geral, uma sensação de bem-estar.
Quando há desequilibro num ou mais chakras, começamos a notar disfunções a nível físico mental e emocional.

Como os cristais se associam aos chakras

À primeira vista, caso não conheça as propriedades específicas de um cristal, uma das formas mais simples de associar os  cristais a determinado chakra é pela sua cor. Claro que existem alguns cristais que podem ser utilizado em mais que um chakra, mas assim fica com um ideia básica de como se guiar.

Nos três chakras superiores é também mais comum encontrar cristais que podem ser aplicados em diferentes chakras. São exemplo disso a Sodalite, que pode ser utilizada tanto na garganta como no terceiro olho, ou a Ametista que pode ser utilizada tanto no terceiro olho como na coroa. 

Nestes casos dependerá da sua preferência e da sua intuição. Conforme for trabalhando mais com os cristais e desenvolvendo a sua intuição, irá perceber que cristais fazem mais sentido para si em determinado chakra.

Cristais para cada um dos 7 chakras

Chakra da Raiz

Começando de baixo para cima, o chakra da raiz está associado ao vermelho e ao preto. Cristais associados a este chakra seriam por exemplo: Quartzo Fumado, Turmalina Negra, Granada, Jaspe Vermelho, Hematite, etc.

Chakra Sacro

O chakra do sacro está associado à cor laranja. Cristais que poderia utilizar neste chakra seriam a Pedra do Sol, Âmbar, Cornalina, Quartzo Hematoide, Calcite Laranja, etc.

 

Chakra do Plexo Solar

O chakra do plexo solar está associado ao amarelo e ao dourado. Cristais que se conectam bem com este chakra são por exemplo: Citrino, Calcite Amarela, Jaspe Amarelo, Pirite, Aventurina Amarela, etc.

 

Chakra do Coração

A meio do nosso sistema de chakras temos o chakra do coração, que surge quase sempre representado a verde, mas que está também muito ligado ao cor-de-rosa. Cristais benéficos para este chakra são por exemplo: Aventurina Verde, Quartzo Rosa, Jade, Rodonite, Unaquite, etc.

Chakra da Garganta

O chakra da garganta está associado à cor azul. Estes são alguns dos cristais que poderia utilizar neste chakra: Água-marinha, Angelite, Calcite Azul, Turquesa,  Sodalite, etc.

Chakra do Terceiro Olho

O chakra do terceiro olho está associado à cor índigo  e ao roxo. Poderá utilizar neste chakra também a Sodalite, ou cristais como Lápis-lazúli, Fluorite Roxa, Lepidolite, Charoite, etc. 

Chakra da Coroa

Por último, o chakra da coroa, está associado ao branco ou também ao roxo. Cristais comummente utilizados neste chakra são: Quartzo Transparente, Ametista, Diamante Herkimer, Apofilite, Howlite, etc.

Cristais transversais a todos os chakras

Para além de cristais que são transversais a dois ou mais chakras, como por exemplo a Septariana que pode ser utilizada nos 3 chakras inferiores ou o Heliotrópio que pode ser utilizado nos chakra da raiz e do coração, existem também alguns (muito poucos) cristais que podem ser utilizados para equilibrar e remover bloqueios energéticos em todos os chakras.

São exemplos disto a Selenite, o Quartzo Transparente, a Cianite ou a Auralite 23.

Imagine por exemplo que gostaria de fazer uma meditação com cristais nos sete chakras mas não tinha nenhum cristal amarelo ou dourado para colocar no plexo solar. Em substituição poderá  colocar um quartzo neste chakra enquanto medita.

quartzo turmalinado

Chakras palmares

Provavelmente já ouviu dizer que para escolher os nossos cristais,  devemos utilizar a nossa intuição. Muitas vezes, somos atraídos de imediato por um cristal e sabemos logo que esse é o certo para nós. Porém, imagine que a sua intenção o levou até uma taça com centenas de ametistas, como deve fazer agora a sua escolha? É aqui que entram os nossos chakras palmares.

É através das nossas mãos que emitimos e recebemos energia, sendo que existe uma mão que recebe e uma que emite energia. Normalmente para as pessoas destras, a mão não dominante (a esquerda), é a que recebe energia e a mão direita, que é utilizada para escrever e manusear objetos, é a mão que emite energia. 

Isto não é linear e há inclusive pessoas que sentem a energia de igual forma em ambas as mãos, mas a grande maioria das pessoas irá sentir a energia de forma mais intensa numa das mãos.

E o que é que irá sentir? Ora essa resposta também numa é linear porque cada pessoa tem uma experiência diferente, poderá manifestar-se como um formigueiro, uma sensação de calor ou de frio ou um pulsar na mão. Não existem nesta situação respostas certas ou erradas.

quartzo turmalinado

Exercício prático:

Este é um exercício que pode fazer cada vez que for adquirir novos cristais ou quiser conectar-se com um cristal que já tem em casa:

    1. Abra e feche as várias vezes, formando um punho e depois voltando a abrir;
    2. Esfregue as mãos uma na outra e depois procure alinhar os dedos de ambas as palmas,  afaste-as e volte a unir;
    3. Repita este processo várias vezes até que irá começar a sentir como que uma bola de energia a formar-se entre as palmas quando as tenta voltar a juntar.

Como equilibrar os chakras utilizando os cristas

Existem um série de exercícios de meditação, yoga e visualização que podemos fazer para nos conectarmos com cada um dos nossos chakras.

Outros métodos de equilibrar os chakras incluem a utilização de óleos essenciais específicos, fazer afirmações diárias ou então aquela que é a nossa opção favorita, que são os nossos amigos cristalinos.

Quer seja para trabalhar com um determinado chakra ou apenas para se conectar com um determinado cristal, a maneira mais fácil, simples e eficaz é levá-lo consigo no seu dia-a-dia.

Tudo à nossa volta é energia, e nós próprios também. Ao ter um cristal próximo de si, a sua vibração energética irá interagir com o nosso campo energético pessoal ao longo do dia, por isso quanto mais próximo o tiver de si, melhor.

Idealmente devem estar em contacto diretamente com a pele, num fio por exemplo ou  então no bolso. Como nem sempre é possível tê-los perto, poderá também levar os cristais consigo num saquinho de algodão e ao longo do dia conforme lhe for sendo possível, segurar na sua mão o cristal pretendido para se conectar com a sua energia.

Exercício de conexão com um cristal:

Em primeiro lugar, temos um exercício de conexão com apenas um cristal.
Este é um exercício que pode, e deve, fazer com qualquer cristal que tenha e não apenas para harmonizar chakras.

  1. Procure sentar-se num local confortável e onde não vá ser perturbado;
  2. Segure um cristal com o qual se quer conectar com a sua mão recetora (conforme visto acima nos chakras palmares);
  3. Em alternativa, coloque o cristal sobre um chakra que quer harmonizar;
  4. Depois, fechando os olhos procure esvaziar a mente e sentir as vibrações do cristal. Não force nada e afaste os pensamentos que vão surgindo, reparando apenas em como o cristal o faz sentir.

Não há um tempo obrigatório a cumprir, mas 15min pelo menos seria o ideal. Também poderá acontecer que não sinta nada as primeira vezes que faça este exercício. Com tempo e dedicação, vai começar a desenvolver uma maior sensibilidade às vibrações dos cristais.

quartzo turmalinado

Exercício para harmonizar vários chakras:

Do mesmo modo, pode também utilizar vários cristais em simultâneo para equilibrar vários ou até mesmo todos chakras. Para tal:

  1. Deite-se num local confortável onde não vá ser perturbado e coloque um cristal, ou vários cristais sobre o/os chakra/as correspondentes. (conforme demonstrado na imagem acima).
  2. De seguida, poderá à semelhança do primeiro exercício esvaziar por completo a mente e deixar que os cristais façam o seu trabalho, procurando apenas sentir como eles o fazem sentir;
  3. Em alterna, um a um, concentrar-se em cada chakra, visualizando a área no corpo onde ele se localiza e a sua cor correspondente. 
  4. Note como cada cristal o faz sentir em determinado chakra, e caso sinta algum desconforto ou agitação em determinado chakra, procure trabalhá-lo individualmente e se necessário experimentar outro cristal.

Em conclusão

Não só no trabalho com chakras, mas em tudo o que diz respeito a cristais, é importante referir que apesar de haver algumas diretrizes, não existem respostas absolutas e é tudo um processo intuitivo.

Ao trabalhar com um cristal, poderá sentir calor, frio, arrepios ou um pulsar na zona onde coloca o cristal, e tudo isto está certo, depende de pessoa para pessoa.

Por último, uma questão muito importante a referir é que não é por um cristal ser apropriado para determinada função ou determinado chakra, que quer dizer que este cristal vá ser o cristal ideal para si.

Por exemplo no meu caso pessoal, a cornalina que é um cristal que inspira confiança, motivação e é excelente para o chakra sacro, não funciona bem comigo. Quando levo este cristal comigo ou tento meditar com ele sinto mais ansiedade, inquietação e agitação, por isso, opto por não o utilizar para trabalhar com este chakra.

Nestas situações, o melhor é sempre nunca forçar e seguir sempre a sua intuição.  Não é por um cristal ser recomendado por alguém, ou sugerido em livros que quer dizer que ele vá ser o ideal para si.

Aprender a trabalhar com os cristais é uma jornada incrível, mas pode ser um pouco demorado até estarmos familiarizados com os cristais que mais ressoam com a nossa frequência. Procure sempre seguir a sua intuição e confiar no processo.

Kit 7 chakras

Se tem interesse em adquirir cristais mas não sabe bem quais nem como os utilizar, os cristais para os 7 chakras são um excelente ponto de partida. 

Neste kit selecionámos 7 cristais para esse efeito, mas que também são bastante versáteis e poderão ser utilizados para outros efeitos.

Poderá também gostar de:

amazonite em bruto

Amazonite

A Amazonite é uma pedra de calma, harmonia e proteção. Pode ser utilizada ao nível do chakra da garganta ou do coração.

labradorite rolada

Labradorite

A Labradorite, é uma pedra de proteção e desenvolvimento espiritual que mantem afastadas energias indesejadas, e evita fugas energéticas.

lápis lazúli em bruto

Lápis-lazúli

O lápis-lazúli é uma pedra de sabedoria, inspiração e proteção. Promove a progressão espiritual e o desenvolvimento da intuição.

calcite óptica

Calcite Óptica

A Calcite Óptica é uma pedra de revelação, orientação e novos começos. Pode ser utilizada para limpar e alinhar todos os chakras.

Shopping Cart
0
    0
    Carrinho
    O seu carrinho está vazioVoltar à Loja